Kate Weiss - Design e Poesia

Capa

Meu Diário

Textos

Áudios

E-books

Fotos

Perfil

Livros à Venda

Prêmios

Livro de Visitas

Links


Meu Diário
31/10/2015 20h08
A arte de rezar

 

"Hoje vou escrever sobre a arte de rezar. Dirão que esse não é tópico que devesse ser tratado por um terapeuta. Rezas e orações são coisas de padres, pastores e gurus religiosos, a serem ensinadas em igrejas, mosteiros e terreiros. Acontece que eu sei que o que as pessoas desejam, ao procurarem a terapia, é reaprender a esquecida arte de rezar. Claro que elas não sabem disso. Falam sobre outras coisas, dez mil coisas. Não sabem que a alma deseja uma coisa, cujo nome esquecemos(...)
A terapia é a busca desse nome esquecido. E, quando ele é lembrado e é pronunciado com toda a paixão do corpo e da alma, a esse ato se dá o nome de poesia. A esse ato se pode dar também o nome de oração.
Por detrás da nossa tagarelice (falamos muito e escutamos pouco) está escondido o desejo de orar. Muitas palavras são ditas porque ainda não encontramos a única palavra que importa. Eu gostaria de demostrar isso - e a demostração começa com um passeio. Para começar, abra bem os olhos! Veja como este mundo é luminoso e belo! Tão bonito que Nietzsche até mesmo lhe compôs um poema."
Rubem Alves in Transparência da eternidade.


Publicado por Kate Weiss em 31/10/2015 às 20h08
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
31/10/2015 10h33
de... Lya Luft

"Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa - uma mulher."

_____ Lya Luft


Publicado por Kate Weiss em 31/10/2015 às 10h33
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
28/10/2015 10h40
Mensagem a um desconhecido _ Cecília Meireles

Mensagem a um desconhecido - Cecília Meireles

 

Teu bom pensamento longínquo me emociona.
Tu, que apenas me leste,
acreditaste em mim, e me entendeste profundamente.


Isso me consola dos que me viram,
a quem mostrei toda a minha alma,
e continuaram ignorantes de tudo que sou,
como se nunca me tivessem encontrado.


Fevereiro, 1956


Cecília Meireles
In: Poesia Completa
Dispersos (1918-1964)


Publicado por Kate Weiss em 28/10/2015 às 10h40
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
25/11/2013 10h24
Eleanor Rugby no The Voice

Para você que como eu viveu a era dos Beatles , lindo demais, confira.

 

 


Publicado por Kate Weiss em 25/11/2013 às 10h24
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
12/02/2012 17h51
Faleceu Whitney Houston

 

Mais uma cantora maravilhosa falece prematuramente, a causa segundo alguns jornais foi overdose. Que pena !!

 

Que Deus a acolha em seus braços.


Publicado por Kate Weiss em 12/02/2012 às 17h51
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 1 de 5 1 2 3 4 5 [próxima»]


Site do Escritor criado por Recanto das Letras